Curso de Inteligência Espiritual

“Quem olha para fora sonha,
quem olha para dentro desperta.

Carl Jung.

Vivemos em uma cultura espiritualmente limitada, caracterizada por uma carreira desenfreada por bens materiais,
utilitarismo das relações pessoais, dos preciosos recursos do planeta e um egocentrismo míope.
Iniciamos o século XXI com uma total crise de sentido e de valores profundos.

Curso Básico de Inteligência Espiritual

“A busca de sentido é a principal motivação da vida do homem”.

Viktor Frankl

 

As neurociências, na atualidade, nos ajudam a compreender o nível espiritual do ser humano. Da forma usada neste curso, vivenciar o “espiritual” significa estar em contato com um todo maior, mais profundo, mais rico, que coloca em uma nova perspectiva nossa limitada situação presente. Implica o senso de que há “alguma coisa além”, “algo mais”, que confere sentido e valor à situação em que estamos agora.

Experimentar essa conexão é o principal sentido do curso.

Esta mudança de paradigma nos convida a realizar uma profunda transformação pessoal e profissional. Ela nos permitirá ampliar nossa visão do mundo, das relações humanas, da educação e dos negócios.

Conteúdo programático

Introdução
  • Novos Paradigmas da Ciência e da Inteligência: Transdisciplinaridade.
  • Neurociências aplicadas à evolução da Consciência Humana.
  • Mente e cérebro.
  • Inteligências múltiplas.
  • Inteligência emocional.
  • Inteligência espiritual.
  • Paradigma sistêmico.
  • Princípios básicos do curso.

 

Inteligência espiritual
  • Definição.
  • Diferença entre religião e espiritualidade.
  • Como desenvolver a Inteligência espiritual.

 

Autoconhecimento
  • O processo do autoconhecimento como caminho de evolução da consciência.
  • O desenvolvimento do “Observador” de si mesmo.
  • Auto-percepção: Consciência corporal, emocional e mental.
  • Percepção da “Fonte Interior”.

 

Os veículos de expressão da dimensão espiritual
  • Corpo físico: o templo do espirito.
  • Mente e Pensamentos: A teia. Desemaranhando tecidos. Aquietando a mente.
  • Administrando positivamente os estados de espirito: O papel das emoções e sentimentos como veículos do desenvolvimento espiritual.
  • O poder da palavra falada.

 

Crenças
  • Definição. Como as crenças atuam na fisiologia e na conduta humana.
  • Identificação de crenças limitantes e expansivas.
  • Transformando crenças que impedem a própria evolução espiritual.

 

Missão – Visão – Valores
  • Redescobrindo valores profundos.
  • Identificando a missão de vida.
  • Visão e sonho pessoal.
  • Como realizar a missão e visão no dia a dia.
  • Integridade: praticando os valores essenciais na vida pessoal.

 

O “caminho espiritual”
  • O Ser essencial como guia e conselheiro das ações no dia a dia.
  • Autoaceitação: O Despertar da consciência espiritual.
  • Elevando a autoestima.
  • Praticas espirituais para melhorar a Qualidade de Vida.
  • Estar presente no presente.

 

Arte e ciência da meditação
  • Definição. Teoria e pratica. Benefícios.
  • Técnicas: Meditação em quietude, com som, em movimento.
  • Praticando a Atenção Plena.

 

Dualidade – polaridade – Unicidade
Integrando as partes
Como alcançar o equilíbrio interno entre:
  • Espirito e matéria.
  • Luz e sombra pessoal.
  • Os princípios masculino e feminino internos.
  • Sexualidade e espiritualidade.

 

Transcendência
  • O processo da Alquimia espiritual
  • Os ciclos de Vida.
  • Consciência de finitude.
  • Como enfrentar a dor e transcender o sofrimento.

 

A espiritualidade nas relações interpessoais
  • A dinâmica da Empatia.
  • Aplicando valores nos relacionamentos.
  • Ecologia Humana.

 

Liderança
  • Liderança no século XXI.
  • Liderança baseada em valores.
  • O líder inspirador.
  • O líder servidor.

 

Carga horaria

120 horas presenciais.

Objetivos

  • Aprofundar o contato sensível com a dimensão espiritual.
  • Ter a própria força espiritual como guia para a tomada de decisões no dia a dia.
  • Dar passos evolutivos na vida pessoal, familiar, social e comunitária, inspirados na sua fonte espiritual.
  • Dar-se a possibilidade de experimentar uma transformação essencial.

Inteligência Espiritual

A inteligência Espiritual é o conjunto de capacidades com que abordamos e solucionamos problemas de sentido e de valor.
Os seres humanos somos essencialmente criaturas espirituais.
Somos impulsionados pela necessidade de fazer perguntas fundamentais tipo:
“Qual é o significado de minha vida”?
“O que torna a vida digna de ser vivida”?
Richard Wolman[1], Professor da Universidade de Harvard, define a em seu livro “Inteligência Espiritual” como a “capacidade humana de fazer as perguntas fundamentais sobre o significado da vida e de experimentar simultaneamente a conexão perfeita entre nós e o mundo em que vivemos”.
Quando essa necessidade profunda de sentido deixa de ser satisfeita é que a vida nos parece rasa ou vazia. Por isso, a crise fundamental de nosso tempo é de natureza espiritual.
A inteligência espiritual não tem nenhuma conexão necessária com religião. Para algumas pessoas, esta inteligência pode encontrar um modo de expressar-se através da religião tradicional. Mas, ser “religioso” não garante alto QS (quociente espiritual).
Utilizamos nossa Inteligência Espiritual para recriar nossas vidas. Recorremos a ela quando precisamos ser flexíveis, visionários ou criativamente espontâneos. Ela nos leva ao âmago das coisas, á Unidade por trás da diferença, ao potencial além de qualquer expressão concreta. Pode colocar-nos em contato com o sentido e o espírito fundamental subjacente a todas as grandes religiões.
É a que realmente pode conduzir-nos a praticar uma ampliação da Consciência Ética, Ecológica e Socialmente Responsável.
[1] WOLMAN, Richard. Inteligência Espiritual. Rio de Janeiro, Editora Ediouro 2001.
Baseados nos princípios da Andragogia (aprendizagem de adultos), e das novas abordagens das neurociências, utilizamos uma metodologia que não é só cognitivo-racional, como também propicia o saber fazer (prática e emocional).

Resultados obtidos

 

  • Melhora do autoconhecimento e do autodomínio.
  • Aumento da autoestima e do cuidado pessoal.
  • Ser inspirado por visão, missão e valores no dia a dia.
  • Utilizar recursos espirituais em problemas práticos.
  • Aumentar a capacidade de enfrentar a dor física, emocional e transcender o sofrimento.
  • Percepção do sagrado nas pequenas ações do dia a dia.
  • Estimular a integridade: Coerência entre valores profundos e condutas.
  • Experimentar estados essenciais do Ser: Paz interior. Amor. Plenitude.
  • Maior capacidade ao tomar decisões e em lidar com desafios.
  • Aumento da motivação pessoal.
  • Diminuição do estresse.
  • Aumento da capacidade de aceitar e compreender pessoas.
  • Melhoria nos relacionamentos interpessoais.
  • Melhor desempenho na mediação e resolução de conflitos.
  • Aumento da qualidade de vida.
  • Capacidade de liderar e influenciar positivamente as pessoas.
  • Ampliação da Consciência Ética, Ecológica e Socialmente Responsável.
  • Desenvolver Visão sistêmica: perceber-se parte da teia das interações no universo individual e social e contribuir para o equilíbrio e a harmonia planetária.
Fiação Neural Serial
Base Neurofisiológica
da Inteligência Racional

Neurociências

 

Ate poucas décadas atrás, só era conhecida a “fiação neural serial” no cérebro humano, base da inteligência intelectual, sendo que posteriormente foi identificada a “fiação neural associativa”, base da inteligência emocional.

Hoje, as neurociências aceitam a Inteligência Espiritual como uma das capacidades inatas do ser humano.

Já é comprovada experimentalmente à existência de uma terceira fiação neural, chamada unitiva ou integrativa, capaz de unificar dados no cérebro, ou seja, permitir a visão integrativa, sistêmica ou contextual. A Inteligência Espiritual integra o material surgido dos outros dois processos: razão e emoção. Ela dá ao Eu, um centro unificado, gerador de sentido. [1]

 

 

[1] ZOHAR D. e I. MARSHALL. Inteligência Espiritual. Rio de Janeiro: Editora Record. 2000.

Fiação Neural Associativa
Base Neurofisiológica
da Inteligência Emocional
Fiação Neural Unitiva
ou Integrativa
Base Neurofisiológica
da Inteligência Espiritual